Capacitação

O que são doenças hematológicas?

O que são doenças hematológicas

De modo geral, a hematologia é uma das áreas da Biologia, responsável pelo estudo do sangue, analisando elementos como os glóbulos vermelhos, brancos, plaquetas, medula óssea, baço e linfonodos.

Entretanto, caso algum desses elementos apresentem disfunções ou desequilíbrio, o organismo humano apresentará problemas.

Por causa disso, o estudante de Medicina deverá aprender o que são doenças hematológicas e, quem sabe, se especializar nesta área.

Caso você esteja visitando o blog do Centro de Desenvolvimento da Medicina (CDM) pela primeira vez, saiba que o nosso foco é fornecer conhecimento adicional a sua formação por meio de cursos de especialização ou de atualização.

Vamos falar a seguir sobre o que são doenças hematológicas, citar alguns exemplos, sintomas e tratamentos. Acompanhe este texto até o final e saiba tudo sobre o tema.

Leia também: Saiba quais são as doenças relacionadas ao sistema circulatório

O que são doenças hematológicas?

As doenças hematológicas são aquelas que afetam ou comprometem qualquer um dos elementos que compõem o sangue, interferindo no seu funcionamento.

O sangue é composto por diversos elementos, como os glóbulos vermelhos, os leucócitos e plaquetas, e todos eles são fabricados na medula óssea.

Além desses elementos, também são encontradas no sangue algumas proteínas, as quais são essenciais para o funcionamento do nosso corpo, incluindo o processo de coagulação.

Nesse sentido, quando um ou vários desses elementos apresentam disfunções ou mau funcionamento, surgem as doenças hematológicas.

Sabendo o que são doenças hematológicas, vamos falar sobre as mais conhecidas e seus principais sintomas.

Exemplos de doenças hematológicas 

A primeira doença hematológica, e uma das mais comuns, é a anemia falciforme. Ela possui origem hereditária, sendo caracterizada pela alteração ou disfunção dos glóbulos vermelhos.

Assim, os principais sintomas da anemia falciforme são as dores articulares, mudança na tonalidade da pele, deixando-a amarelada, assim como inchaço e aumento no tom avermelhado nos pés, além de pneumonias e doenças respiratórias, infecções frequentes e retardado no crescimento.

Outra doença hematológica bastante comum são os linfomas, os quais atingem o sistema imunológico, causando sintomas como a fadiga, emagrecimento e temperatura corporal elevada sem nenhum motivo aparente.

Também existem os mielomas múltiplos, que são um tipo de câncer que afeta diretamente a medula, causando o enfraquecimento ósseo, anemias e diversas outras doenças hematológicas.

Nesse caso, os mielomas são incuráveis, entretanto é possível realizar o tratamento para aliviar e diminuir os sintomas.

Por fim, uma das doenças hematológicas mais populares é a leucemia, que também é um tipo de câncer no sangue, onde há o desequilíbrio da produção dos elementos que formam o sangue, causando sintomas como dores articulares, cansaços e manchas roxas na pele.

O tratamento para esta doença é a quimioterapia e, em outros casos, também pode ser realizado o transplante de medula óssea.

Principais sintomas das doenças hematológicas 

Depois de detalhar o que são doenças hematológicas, chega o momento de falar mais sobre os seus sintomas, já que eles podem variar de acordo com a origem do problema.

Por exemplo, se a doença hematológica estiver comprometendo os leucócitos do paciente, os principais sintomas estão relacionados à produção e trânsito de oxigênio pelo corpo, causando cansaços, sensação de fraqueza e até mesmo palidez.

Contudo, se a doença hematológica estiver comprometendo as plaquetas, as quais são responsáveis pela coagulação do sangue, serão muito comuns algumas manchas roxas na pele, sangramento pelo nariz, gengiva e nos sistemas digestivos e urinários.

Ainda falando sobre a coagulação, se a doença hematológica estiver relacionada ao excesso de plaquetas, os sintomas estão diretamente relacionados à coagulação excessiva, causando assim as tromboses e embolias.

No caso de doenças que afetam os glóbulos brancos, os principais sintomas são infecções constantes e febres e ainda o aparecimento de ínguas.

Tendo conhecimento do que são doenças hematológicas, torna-se essencial saber quais são os possíveis tratamentos e as formas de prevenção para lidar com pacientes e seus familiares.

Tratamento e prevenção 

Algumas das perguntas mais comuns depois de saber o que são doenças hematológicas são: Existe tratamento para elas? É possível evitá-las?

A primeira resposta para esses questionamentos é: não existe a possibilidade de prevenir as doenças de origem hematológica.

Entretanto, um diagnóstico assertivo pode maximizar as chances de cura destas doenças.

Por isso, ao primeiro sinal, é essencial encaminhar o paciente para a realização de um hemograma, que é o exame que avalia todos os componentes do sangue.

Após o correto diagnóstico, o médico especialista no assunto deve acompanhar o paciente durante o tratamento para que este seja efetivo.

Quanto ao tratamento, ele pode ser feito de duas formas: por meio de quimioterapias, associadas a imunoterapias para conter o avanço da doença, ou ainda, por meio do transplante de medula óssea.

No caso do transplante de medula, não é necessário que haja total compatibilidade entre doador e receptor, principalmente se o transplante realizado for haploidêntico, bastando que os dois sejam 50% compatíveis.

Agora que você já sabe o que são doenças hematológicas, que tal se especializar nesta área da Medicina? As possibilidades de atuação são muitas e o mercado de trabalho está sempre aquecido.

Aqui no CDM você pode avaliar os cursos com matrículas abertas e iniciar já a sua especialização no tema escolhido.Também estamos no Instagram e no LinkedIn. Siga nossos perfis e acompanhe as nossas dicas!

Em alta

O que é esclerose subcondral?

Doutor, você já ouviu a falar sobre a Esclerose Subcondral? Ela é uma doença óssea muito comum. Mas, você sabe como diagnosticá-la? Entenda!

Ler matéria

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Ler matéria

Quais são os planos de delimitação do corpo humano?

Você sabia que o corpo humano é referenciado de acordo com três planos mutuamente ortogonais? Confira quais são os planos de delimitação!

Ler matéria

O que é arritmia supraventricular isolada?

A Arritmia Supraventricular Isolada é uma condição cardíaca que afeta o ritmo do coração e suas variações. Conheça os riscos e tratamentos!

Ler matéria

Como coletar gasometria arterial?

Está com dúvida de como coletar a gasometria arterial? Ela é realizada por meio da punção na artéria do paciente. Saiba dominar essa técnica!

Ler matéria

Quais doenças o exame FAN detecta e quando solicitar ao paciente?

Feito a partir da análise de uma amostra de sangue do paciente o exame FAN ajuda a diagnosticar doenças autoimunes como a lúpus. Saiba mais!

Ler matéria

Outras matérias

Como funciona a prova de residência médica

Como funciona a prova de residência médica?

Não sabe como funciona a prova de Residência Médica? Confira agora e prepare-se para enfrentar esse estágio crucial em sua jornada médica!

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Como funciona a residência médica

Como funciona a residência médica?

Você sabia que a residência médica é considerada uma modalidade de pós-graduação? Entenda como ela funciona e escolha sua especialização!

Doenças relacionadas ao sistema cardiovascular

Quais são as doenças relacionadas ao sistema cardiovascular?

As doenças cardiovasculares estão entre as principais causas de morte de brasileiros. Confira as 5 principais e tipos de tratamentos!