Residência

Quantos anos é a residência de neurocirurgia?

Quantos anos é a residência de neurocirurgia

Um neurocirurgião precisa se especializar em uma área em que são aperfeiçoados os conhecimentos sobre diagnóstico e tratamento de doenças, lesões e distúrbios do sistema nervoso central e periférico. Considerada a alta complexidade que envolve o uso de técnicas cirúrgicas avançadas, o profissional deve estar em constante atualização.

Como mencionado acima, essa especialidade trata das intervenções no sistema nervoso, o que inclui cérebro, a medula espinhal e os nervos. Para isso, o profissional executa, por exemplo, microcirurgia, cirurgia minimamente invasiva, endoscópica e robótica para tratar uma ampla variedade de doenças neurológicas. Por exemplo, tumores e lesões na medula espinhal.

Para atuar na área, primeiro, é necessária a graduação em medicina para, em seguida, passar pelo programa de especialização. Por isso, vamos tirar as dúvidas sobre quantos anos é a residência de neurocirurgia e abordar detalhes da área.

Em meio a correria do dia a dia, você pode chegar à prova de residência mais preparado com o Intensivo R1 do Centro de Desenvolvimento em Medicina. Trata-se de um curso preparatório desenvolvido para quem sonha ingressar na neurocirurgia

Quantos anos é a residência de neurocirurgia?

Antes de mais nada é preciso esclarecer que essa etapa consiste em uma pós-graduação. Nela, o candidato participa de treinamento em serviço a cargo de instituições reconhecidas pela Sociedade Brasileira de Neurocirurgia e credenciado pela CNRM/MEC.

No Brasil, é um programa de acesso direto, ou seja, não requer pré-requisitos. Por outro lado, trata-se de uma das residências mais longas entre as especialidades. São cinco anos de curso, com probabilidade de mais dois, caso haja interesse em alguma subespecialização.

Só para entender um pouco sobre quantos anos é a residência de neurocirurgia, saiba que ao longo do curso, o candidato adquire conhecimento em áreas, como:

  • Clínica Neurológica;
  • Neurofisiologia Clínica;
  • Clínica e Técnica Neurocirúrgica;
  • Bioética, Método Científico e Bioestatística;
  • Neurorradiologia;
  • Anatomia Microcirúrgica;
  • Neuropatologia.

Para isso, estuda, entre outras matérias, desenvolvimento, morfologia e função do Sistema Nervoso, avaliação e exame do paciente neurológico, além de patologias relacionadas a esta área do corpo humano.

No entanto, frisamos ser uma área de alta complexidade, ou seja, os estudos não terminam com a residência. Pelo contrário, é demandado ao médico sua contínua formação e capacitação para atualizações.

Ou seja, é importante considerar quantos anos é a residência de neurocirurgia e depois o tempo que também precisará se dedicar a outros estudos.

Grade curricular

A matriz curricular estabelecida pelo Ministério da Educação (MEC) determina conhecimentos específicos a cada ano (ou R). Neste sentido, no primeiro ano de residência em Neurocirurgia, é esperado que o candidato tenha, por exemplo, competências em:

  • Identificar o nível de consciência do paciente pela Escala de Coma de Glasgow (ECGla), determinar as condições de risco iminente de morte e adotar as medidas adequadas de reanimação e apoio;
  • Dominar a técnica de punção liquórica para obtenção de líquido céfalo-raquidiano;
  • Avaliar e executar punção lombar para coleta de líquor e realizar provas manométricas.

Já no segundo, é esperado que interprete e avalie as principais linhas, planos e projeções utilizados em radiografias simples de crânio e coluna vertebral, entre outras habilidades.

No terceiro, entre os conhecimentos esperados, está a interpretação de laudos neuropatológicos e relacioná-los com os próximos passos na orientação ao paciente neurocirúrgico.

No quarto ano, deve, entre outras atribuições, dominar os princípios básicos da biologia molecular dos tumores do sistema nervoso e execução da técnica de realização de angiografias e procedimentos endovasculares.

Ainda, conhecer as indicações neurocirúrgicas para o tratamento da dor e dos movimentos anormais e para biópsias estereotáctica.

Por fim, no quinto período (onde conseguimos responder quantos anos é a residência de neurocirurgia), é preciso que o candidato coordene as unidades de internação do serviço de neurocirurgia, além das atividades de pré e pós-operatório destes setores.

Ele também deve ser capaz de supervisionar as atividades dos residentes menos graduados, entre outros conhecimentos.

Subespecialidades

Como mencionado acima, além de saber quantos anos é a residência de neurocirurgia (que são cinco), o profissional pode permanecer por mais dois, caso queira especializar-se em uma outra área.

Neste sentido, as mais comuns são:

  • Neurocirurgia vascular;
  • Nervos periféricos;
  • Base do crânio;
  • Neurocirurgia funcional / medicina da dor;
  • Coluna;
  • Neurocirurgia oncológica;
  • Neurointensivismo;
  • Neurocirurgia pediátrica;
  • Neurocirurgia do trauma. 

Além da residência em neurocirurgia, a especialização nestas áreas viabiliza, além do conhecimento, claro, possibilidades de remunerações mais vantajosas.

Como é o mercado de trabalho para o neurocirurgião?

Após saber quantos anos é a residência de neurocirurgia vale conhecer a realidade do mercado, uma vez que o tempo de dedicação também é longo. Inicialmente, a média salarial esperada para uma jornada de 20 horas semanais é de R$ 7.579,26, em dados consultados em 2023.

E, embora o teto salarial seja de R$ 15.546, o valor pode ser maior, conforme cargo, região de atuação e horas trabalhadas. Falando nisso, o médico neurocirurgião pode atuar tanto em hospitais públicos quanto privados.

Você descobriu que após os cinco anos iniciais, é possível expandir os conhecimentos em outra especialização que dura dois anos. Para entrar no programa, da mesma forma que outros na medicina, é preciso passar pelo processo seletivo.

Cada ano de estudos demanda habilidades específicas do profissional e, ao final do curso, ele já está apto a atuar em hospitais públicos ou privados. Mas, por ser uma área de alta complexidade, os estudos não encerram com conclusão da residência, devendo, o profissional, seguir com capacitações e atualizações contínuas.

Este conteúdo foi criado pela redação do Centro de Desenvolvimento em Medicina (CDMED), uma nova marca de treinamentos para profissionais da saúde.

Aqui no CDMED você pode avaliar os cursos de especialização para Médicos com matrículas abertas e iniciar já a sua formação no tema escolhido.

Além de descobrir aqui quantos anos é a residência de neurocirurgia, aproveite para entender melhor o que é arritmia supraventricular isolada.

Em alta

O que é esclerose subcondral?

Doutor, você já ouviu a falar sobre a Esclerose Subcondral? Ela é uma doença óssea muito comum. Mas, você sabe como diagnosticá-la? Entenda!

Ler matéria

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Ler matéria

Quais são os planos de delimitação do corpo humano?

Você sabia que o corpo humano é referenciado de acordo com três planos mutuamente ortogonais? Confira quais são os planos de delimitação!

Ler matéria

O que é arritmia supraventricular isolada?

A Arritmia Supraventricular Isolada é uma condição cardíaca que afeta o ritmo do coração e suas variações. Conheça os riscos e tratamentos!

Ler matéria

Como coletar gasometria arterial?

Está com dúvida de como coletar a gasometria arterial? Ela é realizada por meio da punção na artéria do paciente. Saiba dominar essa técnica!

Ler matéria

Quais doenças o exame FAN detecta e quando solicitar ao paciente?

Feito a partir da análise de uma amostra de sangue do paciente o exame FAN ajuda a diagnosticar doenças autoimunes como a lúpus. Saiba mais!

Ler matéria

Outras matérias

O que é PNAB

O que é PNAB e qual é a sua importância para a saúde pública brasileira?

Você, futuro profissional da saúde, já ouviu falar sobre o PNAB? A principal função dele é estruturar o sistema público de saúde. Entenda!

Como escolher a residência médica

Como escolher a residência médica?

Você está em dúvida sobre qual especialização escolher? Confira o que deve levar em consideração e saiba escolher a melhor residência médica!

Quais são os tipos de afasia

Você sabe quais são os tipos de afasia e como tratá-los?

Você sabia que a afasia afeta a capacidade de comunicação e a linguagem de um paciente? Conheça os diferentes tipos e tratamentos indicados!

Como é a residência em infectologia

Como é a residência em infectologia? Entenda esta especialização médica

Quer conhecer como é a residência em infectologia? Ela aprofunda seus conhecimentos médicos em diversos tipos de infecções. Confira agora!