Residência

Como funciona a prova de residência médica?

Como funciona a prova de residência médica

A jornada para a obtenção do diploma em medicina é árdua, requer muita dedicação por parte daqueles que almejam atuar na profissão. Ao fim dessa caminhada, o profissional pode perceber que uma especialização pode exigir mais alguns anos de estudos.

O que estamos falando aqui é da residência médica, uma etapa imprescindível para a formação de especialistas. Essa fase contribui para o desenvolvimento dos conhecimentos, bem como oferece reconhecimento e maiores oportunidades de crescimento profissional.

Nesse texto, nós vamos explicar como funciona a prova de residência médica, a qual é a porta de entrada para uma especialização na área da saúde. Entenda o que ela é, quais são as características dos processos seletivos e como um candidato pode se preparar.

O Centro de Desenvolvimento em Medicina (CDMED) criou um programa com uma metodologia exclusiva para preparar os profissionais que querem ingressar em uma residência médica.

Conheça agora o curso preparatório para residência médica, ele conta com simulados e foi elaborado com o apoio de médicos especialistas e atuantes.

O que é a residência médica?

De maneira prática, a residência médica é o equivalente a uma pós-graduação. Ou seja, ela é uma modalidade de ensino que possui o objetivo de formar especialistas em uma determinada área. Essa formação ocorre sob a orientação de profissionais qualificados.

O sistema de residência médica brasileiro é gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), enquanto o seu regimento é feito pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM). Estes dois órgãos garantem a qualidade do ensino, da atuação prática e das avaliações.

A residência médica é dividida entre atividades teóricas e práticas, com o maior foco sendo dado aos trabalhos médicos. Isso acontece porque existe a preocupação com o desenvolvimento de competências profissionais direcionadas aos cuidados com os pacientes.

Antes de explicar melhor como funciona a prova de residência médica, saiba que os programas têm a duração de dois a cinco anos, com o tempo variando de acordo com a complexidade da especialização. Atualmente, o Brasil conta com mais de 6 mil opções deste tipo, disponibilizadas por centenas de instituições espalhadas pelo país.

Os cursos existem sob o regime de dedicação exclusiva, o que significa que os médicos recebem uma bolsa e não devem executar outros trabalhos formais. Durante a rotina, eles fazem atendimentos e atuam em plantões, emergências e ambulatórios.

Entenda como funciona a prova de residência médica

A partir das definições do tópico anterior, nós podemos agora abordar o assunto principal deste texto: como funciona a prova de residência médica. Ela é uma etapa obrigatória do processo seletivo, especialmente quando consideramos o alto número de profissionais que buscam vagas de especialização.

Um processo seletivo para preenchimento de vaga em residência médica pode acontecer por meio de acesso direto ou com a exigência de pré-requisitos. Nesta primeira opção, qualquer médico formado está apto. Na segunda, é preciso ter uma especialização prévia concluída.

Em todos os casos, os processos seletivos de residência médica contam com uma prova teórica. Em muitas situações existe uma avaliação prática, bem como uma entrevista. Os detalhes variam de acordo com a instituição, com as informações constando em editais prévios.

Como funciona a prova teórica de residência médica? Esta é a primeira etapa, presente em todos os processos. Ela costuma ter duração de 4 a 6 horas e contar com cerca de 100 exercícios de múltipla escolha. Em alguns casos, estão presentes também questões discursivas, embora esse detalhe também varie.

As questões cobradas na prova de residência médica compõem as 5 principais áreas da medicina: cirurgia geral, clínica médica, ginecologia e obstetrícia, medicina preventiva e social e pediatria. Naturalmente, os conteúdos cobrados podem ter caráter multidisciplinar.

Como realizar a prova de residência médica?

O primeiro passo para fazer a prova é a conclusão da graduação em uma instituição de ensino superior. Para os casos de vagas em especialidades que exijam pré-requisitos, o médico também deverá ter concluído essa etapa extra da sua formação.

A partir disso e compreendendo como funciona a prova de residência médica, é importante que você tenha uma visão geral da área, considerando os motivos pelos quais escolherá uma determinada especialidade. Aspectos como localização geográfica, instituição de ensino que oferece a vaga e satisfação pessoal devem ser considerados.

Após a inscrição em um determinado edital, o candidato deverá se dedicar aos estudos de maneira diligente. É preciso ter foco e organização, já que as vagas dessa natureza costumam ter concorrência bastante acirrada e custo alto para participar do processo seletivo.

O candidato pode optar pela realização de um curso preparatório, embora este não seja um requisito. Em todos os casos, recomenda-se que sejam realizados exercícios, simulados e estudos em cima de provas de anos anteriores. Em suma, é preciso ter uma rotina de estudos muito focada.

Por fim, é interessante mencionar que algumas áreas são mais concorridas do que outras, o que também vale para instituições de ensino, dependendo de sua localização. Acima de tudo, ao aprender como funciona a prova de residência médica, amplie as opções para a sua especialização e dedique-se aos estudos.

Embora existam semelhanças em boa parte dos processos seletivos (como consequência do seu gerenciamento pelo MEC), é válido reforçar que cada prova de residência médica é única, com características distintas que devem ser levadas em conta pelos candidatos.

Independentemente da especialidade escolhida, é de extrema importância que o profissional valorize a sua saúde psicológica. Estar mentalmente esgotado diminui consideravelmente as chances de aprovação em qualquer processo seletivo.

Siga nosso perfil no Instagram e acompanhe nossas dicas de estudo!

Além de ajudá-lo a alcançar a aprovação em sua residência médica, nós também queremos convidá-lo a conhecer os diversos cursos criados pelo Centro de Desenvolvimento em Medicina (CDMED).

Depois de ler aqui como funciona a prova de residência médica, aproveite para ver:

Como estudar para a prova de residência médica?

O que é residência multiprofissional? Entenda

Em alta

O que é esclerose subcondral?

Doutor, você já ouviu a falar sobre a Esclerose Subcondral? Ela é uma doença óssea muito comum. Mas, você sabe como diagnosticá-la? Entenda!

Ler matéria

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Ler matéria

Quais são os planos de delimitação do corpo humano?

Você sabia que o corpo humano é referenciado de acordo com três planos mutuamente ortogonais? Confira quais são os planos de delimitação!

Ler matéria

O que é arritmia supraventricular isolada?

A Arritmia Supraventricular Isolada é uma condição cardíaca que afeta o ritmo do coração e suas variações. Conheça os riscos e tratamentos!

Ler matéria

Como coletar gasometria arterial?

Está com dúvida de como coletar a gasometria arterial? Ela é realizada por meio da punção na artéria do paciente. Saiba dominar essa técnica!

Ler matéria

Quais doenças o exame FAN detecta e quando solicitar ao paciente?

Feito a partir da análise de uma amostra de sangue do paciente o exame FAN ajuda a diagnosticar doenças autoimunes como a lúpus. Saiba mais!

Ler matéria

Outras matérias

Tratamentos para síndrome de HELLP

Tratamentos para Síndrome de HELLP: hipertensão na gravidez

Você conhece a síndrome de HELLP? Ela é uma complicação grave que ocorre durante a gestação. Veja as principais causas e os tipos tratamentos!

O que é o Exame Nacional de Residência

O que é o Exame Nacional de Residência (Enare)?

O Exame Nacional de Residência tem como objetivo unificar o processo seletivo de acesso às vagas para residentes da área médica. Saiba mais!

O que é PNAB

O que é PNAB e qual é a sua importância para a saúde pública brasileira?

Você, futuro profissional da saúde, já ouviu falar sobre o PNAB? A principal função dele é estruturar o sistema público de saúde. Entenda!

Quais são as cid de doenças

Quais são as CID de doenças?

CID é a sigla para Classificação Internacional de Doenças, ela é uma importante ferramenta para auxiliar o médico em seu trabalho. Entenda!