Residência

O que é o Exame Nacional de Residência (Enare)?

O que é o Exame Nacional de Residência

Você, com certeza, já sabe que a carreira médica inicia logo após o fim do ensino médio e praticamente não tem um ponto final. Aqueles que têm pretensão de seguir a profissão se dedicam intensamente para serem aprovados nos vestibulares das diferentes instituições de ensino superior espalhadas pelo país. E esse é só o começo!

Seguem-se anos de estudos e mais exames. Ao fim, os graduandos recebem seu diploma e podem finalmente começar a exercer a profissão, certo? Bom, mais ou menos. É possível dar início a prática médica sem formações adicionais, mas esse não é o caminho mais indicado.

Na maioria dos casos, incentiva-se que o médico invista em uma pós-graduação e/ou especialização. Uma excelente forma de fazer isso é por meio das residências médicas, as quais podem ser acessadas com a ajuda de diferentes tipos de processos seletivos.

Neste universo, em 2020 o governo federal criou o programa Enare, que unifica a seleção de profissionais para diversas instituições do país. Para que você compreenda melhor, vamos explicar o que é o Exame Nacional de Residência e apresentaremos algumas dicas. Boa leitura!

Quais são as diferenças entre o Enare e as provas de residência médica?

Antes de tudo, é preciso fazer uma importante distinção: o Enare não é a mesma coisa que as provas de residência médica. Explicar as diferenças entre os dois tipos de processos seletivos permitirá compreender melhor o que é o Exame Nacional de Residência.

De modo geral, as provas de residência médica acontecem conforme as vagas são abertas em cada uma das instituições. Elas são individuais em cada organização. Cada hospital ou universidade publica editais com prazos específicos.

O Enare já começa se diferenciando aí, com apenas um exame realizado por ano. Além disso, ao contrário das provas de residência individuais, esse exame permite acesso a muitas vagas, dentre centenas de instituições que aderem ao processo seletivo.

Ou seja: embora o Exame Nacional de Residência e as provas individuais tenham objetivos similares, eles são muito diferentes na prática. Para médicos que buscam uma pós-graduação, o mais indicado é fazer tanto o Enare quanto os concursos específicos.

Histórico do Exame Nacional de Residência

Para entender melhor o que é o Exame Nacional de Residência, vale dizer que ele foi realizado pela primeira vez em 2020, com fortes inspirações no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Assim como o Enem, essa prova é anual e permite que inscritos de todo o Brasil concorram às vagas de pós-graduação.

Apesar de ser um processo relativamente recente, ele nasce como uma adição aos exames tradicionais de residência médica já realizados por hospitais e instituições de ensino superior desde 1977, quando um decreto estabeleceu essa modalidade no país.

Desde a primeira edição, o número de instituições que passaram a utilizar o exame para preencher vagas aumentou, trazendo benefícios para todos os envolvidos: os hospitais, universidades e clínicas, que diminuíram custos e puderam oferecer mais vagas para os médicos.

Atualmente, o mais comum é que o acesso à residência médica no Brasil seja obtido por esses dois meios. Um mesmo hospital pode aderir ao Enare e realizar seus próprios processos seletivos, angariando profissionais qualificados entre os dois tipos de concurso.

Entenda de uma vez o que é o Exame Nacional de Residência e como funciona?

Esse exame é uma prova realizada anualmente. Ela pode ser feita por médicos já formados (seja recentemente ou não) e por aqueles que estão no último período do curso. As datas para as inscrições de cada edição são publicadas previamente.

A prova do Enare ocorre em dois momentos: na primeira, os candidatos respondem 100 perguntas objetivas de múltipla escolha divididas entre os principais conhecimentos aprendidos durante os anos de ensino superior. Em alguns casos, são cobradas questões de especialidades.

Entre os temas de conhecimentos médicos que caem em todas as provas estão: Cirurgia Geral, Clínica Médica, Medicina Preventiva e Social, Pediatria e Obstetrícia e Ginecologia. As 100 questões costumam ser divididas de maneira igual entre as 5 categorias.

O segundo momento é a avaliação do currículo dos candidatos. As duas etapas recebem notas, as quais, quando somadas, darão o resultado final ao médico. A partir daí, algumas vagas podem (ou não) estar disponíveis, a depender dos desempenhos individuais.

Outras informações sobre o Enare

Uma notícia ruim para médicos que vão fazer o Enare é que a prova é tão concorrida quanto os vestibulares de Medicina. Na prática, ela se torna um desafio ainda maior, já que ao invés de conhecimentos do ensino médio, aqui são cobrados conteúdos de nível superior.

Por outro lado, o Enare oferece oportunidades muito melhores. Um médico que conquista uma residência já estará exercendo a profissão enquanto agrega conhecimentos, o que vem associado ao recebimento de um salário e todos os direitos trabalhistas.

Outro detalhe interessante ao tentar entender o que é o Exame Nacional de Residência é que este é um processo que conta com a participação de profissionais de outras áreas. Isso inclui profissionais formados em Enfermagem, Psicologia, Odontologia, Nutrição, Fisioterapia e diversas outras ciências associadas ao cuidado com pessoas.

Por último, é válido notar que o Exame Nacional de Residência é realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), uma organização pública criada em 2011 e vinculada ao Ministério da Educação. Ela é a maior rede de hospitais públicos do país.

Para médicos já formados, este processo seletivo da residência é só mais uma batalha a ser enfrentada e vencida. Os benefícios resultantes de mais essa etapa de esforço e dedicação poderão ser colhidos durante todo o restante de uma bem-sucedida carreira.

E então, conseguiu entender o que é o Exame Nacional de Residência e tirar as dúvidas em relação ao tema?

Este foi mais um conteúdo especial criado pela redação do Centro de Desenvolvimento em Medicina (CDM). Aqui no blog temos uma série de conteúdos sobre a residência médica. Leia, por exemplo:

Quanto tempo dura a residência médica?

Saiba como escolher a sua residência

Aproveite para seguir nosso perfil no Instagram e receba nossas dicas!

Em alta

O que é esclerose subcondral?

Doutor, você já ouviu a falar sobre a Esclerose Subcondral? Ela é uma doença óssea muito comum. Mas, você sabe como diagnosticá-la? Entenda!

Ler matéria

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Ler matéria

Quais são os planos de delimitação do corpo humano?

Você sabia que o corpo humano é referenciado de acordo com três planos mutuamente ortogonais? Confira quais são os planos de delimitação!

Ler matéria

O que é arritmia supraventricular isolada?

A Arritmia Supraventricular Isolada é uma condição cardíaca que afeta o ritmo do coração e suas variações. Conheça os riscos e tratamentos!

Ler matéria

Como coletar gasometria arterial?

Está com dúvida de como coletar a gasometria arterial? Ela é realizada por meio da punção na artéria do paciente. Saiba dominar essa técnica!

Ler matéria

Quais doenças o exame FAN detecta e quando solicitar ao paciente?

Feito a partir da análise de uma amostra de sangue do paciente o exame FAN ajuda a diagnosticar doenças autoimunes como a lúpus. Saiba mais!

Ler matéria

Outras matérias

Como passar na residência médica

Como passar na residência médica? Veja nossas dicas!

A residência médica é uma etapa fundamental na sua formação profissional. Saiba como se preparar para as provas, com dicas e informações!

Como funciona a prova de residência médica

Como funciona a prova de residência médica?

Não sabe como funciona a prova de Residência Médica? Confira agora e prepare-se para enfrentar esse estágio crucial em sua jornada médica!

Exercícios sobre infarto agudo do miocárdio

Exercícios sobre infarto agudo do miocárdio para preparação

Está estudando para o exame do revalida? Separamos alguns exercícios sobre infarto agudo do miocárdio para ajudar na sua preparação. Confira!

Principais funções do sistema endócrino

Quais são as principais funções do sistema endócrino?

Uma das tarefas do Sistema Endócrino no corpo humano é ser responsável pela aceleração e regulação de diversas funções do organismo. Entenda!