Residência

Como passar na residência médica? Veja nossas dicas!

Como passar na residência médica

A prova de residência médica é aquela que possibilita aos profissionais já formados em medicina em uma instituição de ensino superior, o acesso a uma pós-graduação prática. Dependendo da especialização escolhida, apenas o diploma já é o suficiente para confirmar a sua inscrição.

Depois da escolha da especialidade médica, surge uma dúvida muito comum: como passar na residência médica?

Editais são abertos em diferentes momentos, de acordo com vagas disponibilizadas por instituições de todo o país. Alguns hospitais selecionam profissionais por meio do Enare, um exame muito concorrido.

Como as vagas são escassas e os valores de inscrição são altos, chegando a R$ 1.000, é necessário se preparar bem para conseguir a aprovação. As provas de residência médica têm nível de dificuldade consideravelmente elevado.

Feita a inscrição, vale compreender o formato do exame. A primeira fase, presente em todas as provas de residência médica, é teórica. Normalmente, consiste em 100 questões, divididas entre tópicos importantes da medicina, aprendidos durante os anos de formação.

As questões englobam, de maneira interdisciplinar, os tópicos de medicina interna, cirurgia, pediatria, ginecologia e medicina preventiva. E isso é só a primeira fase!

Em alguns exames são cobradas questões dissertativas e até mesmo práticas, a fim de avaliar os desempenhos. Devido a toda essa complexidade, surgem dúvidas sobre essa prova tão importante na área e nós vamos ajudá-lo. Continue sua leitura!

Descubra como passar na residência médica

Após entender como é a prova e quem pode fazê-la, novas dúvidas podem aparecer . A dificuldade do exame é notória, mas isso não significa que é impossível passar, certo?

Para chegar até esse ponto, médicos enfrentaram desafios tão ou mais difíceis! Abaixo, nós listamos 6 importantes dicas para tornar essa etapa mais fácil.

Esteja atento ao edital da sua prova

Pode parecer uma dica muito básica e todo mundo que pesquisa sobre como passar na residência médica já deveria saber. Porém, muitos esquecem do essencial nessa hora.

A inscrição de qualquer residência médica é aberta junto a um edital. Esse documento, publicado eletronicamente, contém todas as principais informações de interesse dos candidatos a uma vaga de pós-graduação. A sua leitura atenciosa é obrigatória!

A partir do edital, candidatos se familiarizarão com as etapas de um determinado exame. Datas, conteúdos cobrados, fases existentes e quantidade de vagas: todas as principais informações estarão neste documento. Para passar na prova, esse é o primeiro passo!

Confira os conteúdos que caem

Em um dos tópicos acima nós mencionamos as cinco áreas da medicina cobradas no exame para uma vaga de residência médica, mas elas se dividem em muitas outras. 

A medicina preventiva, por exemplo, perpassa questões relacionadas ao nosso Sistema Único de Saúde.

Mais do que isso, os tópicos também interagem entre si e você deve saber tudo isso ao aprender como passar na residência médica.

Embora a ginecologia e a cirurgia sejam áreas distintas, não é incomum que surja uma questão sobre cirurgias ginecológicas. Considerando tudo isso, candidatos precisam conhecer os conteúdos que serão cobrados.

Tenha um cronograma de estudos

Conteúdos em mãos, chegamos à parte mais importante: estudar! Exames de residência médica não são fáceis, o que significa que candidatos terão de se dedicar integralmente, a fim de maximizar suas chances de serem aprovados. Surge aqui o cronograma de estudos.

É importante estabelecer metas de estudos, uma rotina com horários pré-determinados e temas que serão abordados em cada um dos dias diante dos livros.

Tudo isso requer a relação dos conteúdos e uma disciplina rígida, sem “pular” dias, horários ou assuntos.

Estude provas anteriores e similares

Os estudos para passar na primeira fase variam em técnicas, mas uma das soluções mais práticas que ajudam aqueles que querem saber como passar na residência médica é a checagem de exames anteriores.

Naturalmente, as provas de cada nova vaga serão diferentes, mas elas oferecem um “norte” sobre o que se esperar no processo.

Responda exames anteriores e busque praticar os conhecimentos, resolvendo-os da mesma forma que faria com a prova real. A partir dos resultados, você saberá quais temas deve priorizar.

Foque nos assuntos que têm mais dificuldade

Essa dica de como passar na residência médica anda de mãos dadas com várias das anteriores. Considerando o cronograma de estudos e a resolução de exames de anos anteriores, você provavelmente descobrirá quais são as áreas que têm mais ou menos dificuldade. O foco deve ser no que não domina.

Priorizar os assuntos que se tem mais dificuldade não significa ignorar outros temas, é claro. O que acontece é que, considerando suas aptidões, certas especialidades requerem um esforço um pouco maior para serem dominadas.

Cuide da sua saúde física e psicológica

Boa parte dos candidatos a vagas de residência médica foca nos estudos de maneira tão intensa que sua saúde psicológica fica devastada. O resultado é uma performance ruim, já que, apesar dos conteúdos terem sido dominados, o nervosismo e o cansaço dominam.

Uma rotina de estudos saudável inclui pausas para descanso e lazer e é primordial para passar na residência médica.

O nosso cérebro é potente, mas ele não é uma máquina. Com corpo e mente saudáveis, as chances de conseguir colocar em prática tudo o que aprendeu aumentam consideravelmente, levando à aprovação.

A prova da residência médica é somente mais um desafio dentre tantos outros enfrentados por aqueles que escolhem uma carreira na medicina. Com tempo e dedicação, todos os conteúdos do exame podem ser aprendidos. A partir daí, o sucesso é o caminho natural!

Para acompanhar nossas dicas, siga nosso perfil no Instagram!

Este conteúdo foi criado pela redação do Centro de Desenvolvimento em Medicina (CDMED), uma nova marca de treinamentos para profissionais da saúde.

Aqui no CDMED você pode avaliar os cursos de especialização para Médicos com matrículas abertas e iniciar já a sua formação no tema escolhido.

Após ver as dicas de como passar na residência médica, aproveite para ler também:

Resumo de reações de hipersensibilidade

Qual é a importância da microbiota humana?

Em alta

O que é esclerose subcondral?

Doutor, você já ouviu a falar sobre a Esclerose Subcondral? Ela é uma doença óssea muito comum. Mas, você sabe como diagnosticá-la? Entenda!

Ler matéria

Quais são os 4 tipos de hipersensibilidade?

Considerada como um distúrbio, a hipersensibilidade pode ocasionar diversos danos graves ao seu paciente. Confira os 4 principais tipos!

Ler matéria

Quais são os planos de delimitação do corpo humano?

Você sabia que o corpo humano é referenciado de acordo com três planos mutuamente ortogonais? Confira quais são os planos de delimitação!

Ler matéria

O que é arritmia supraventricular isolada?

A Arritmia Supraventricular Isolada é uma condição cardíaca que afeta o ritmo do coração e suas variações. Conheça os riscos e tratamentos!

Ler matéria

Como coletar gasometria arterial?

Está com dúvida de como coletar a gasometria arterial? Ela é realizada por meio da punção na artéria do paciente. Saiba dominar essa técnica!

Ler matéria

Quais doenças o exame FAN detecta e quando solicitar ao paciente?

Feito a partir da análise de uma amostra de sangue do paciente o exame FAN ajuda a diagnosticar doenças autoimunes como a lúpus. Saiba mais!

Ler matéria

Outras matérias

O que é R3

O que é R3? Entenda este conceito na residência médica

Você sabe o que é R3? Trata-se de uma etapa crucial na capacitação de um residente em medicina. Conheça as especializações e a duração!

diferença entre internato e residência

Qual é a diferença entre internato e residência?

Você conhece as distinções entre o internato e a residência médica? Uma das etapas acontece durante o curso de medicina, enquanto a outra…

Como fazer residência médica

Como fazer residência médica? Descubra detalhes sobre a especialização

Você sabia que a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada aos médicos? Descubra como ingressar em uma!

Quantos anos é a residência de neurocirurgia

Quantos anos é a residência de neurocirurgia?

Você conhece a residência em neurocirurgia? Essa especialidade trata das intervenções no sistema nervoso. Veja quantos anos é a especialização!